Células-tronco.

Neste espaço, alunos podem esclarecer dúvidas de Biologia e professores podem trocar experiências.

Células-tronco.

Mensagempor louise.ccosta » Sábado Dez 03, 2011 1:37 am

(ANHEMBI MORUMBI-SP) Hoje em dia há empresas que oferecem o serviço de coleta e armazenamento de células-tronco de bebês, retiradas do sangue do cordão umbilical. A coleta ocorre na própria maternidade, imediatamente após o parto. Após serem separadas das demais células, as células-tronco são congeladas em nitrogênio líquido, onde podem ser mantidas por muitos anos, com a promessa de que doenças como alguns cânceres, Mal de Alzheimer, Mal de Parkinson, acidentes vaculares cerebrais, diabetes, entre outras, possam ser curadas através de seu emprego.

A intenção de se armazenar este tipo de células é poder utilizá-las, um dia, como tratamento de doenças no próprio indivíduo, através do chamado transplante autólogo. Que tipo de patologias (acidentais, genéticas, degenerativas, etc) NÃO poderiam potencialmente ser tratadas por células-tronco do próprio indivíduo doente? Cite o tipo de patologia e justifique.
louise.ccosta
 
Mensagens: 24
Registrado: Quinta Out 27, 2011 1:12 pm

Re: Células-tronco.

Mensagempor lottiheitor » Segunda Dez 05, 2011 8:39 pm

Ola...
as patologias que tem sua origem no DNA sao aquelas que nao se solucionam por transplante autólogo pelo fato de que o defeito vai permanecer.
lottiheitor
 
Mensagens: 44
Registrado: Segunda Set 26, 2011 8:07 pm

Re: Células-tronco.

Mensagempor louise.ccosta » Quinta Dez 08, 2011 10:18 pm

Olá!
Me desculpe, mas não entendi a relação da sua resposta com a pergunta
louise.ccosta
 
Mensagens: 24
Registrado: Quinta Out 27, 2011 1:12 pm

Re: Células-tronco.

Mensagempor lottiheitor » Sexta Dez 09, 2011 12:16 am

Ok...
veja: nao se pode corrigir um problema num carro utilizando peças defeituosas, nao e? No caso da sua pergunta é a mesma coisa. Utilizam-se celulas-tronco para tratamento de determinadas doenças, no entanto se as celulas-tronco em questao forem defeituosas de nada adianta. Obviamente estou falando de patologias que tem sua origem no DNA, pois o material genetico defeituoso se perpetua na diferenciacao celular. O problema nao é corrigido. Nesses casos, portanto, o transplante precisa ser alogenico, embora exista um certo risco de rejeicao.

Pense por exemplo numa enfermidade qqer q seja decorrente da polimeracao de uma proteina que tem um de seus codons fora do lugar.Isso significa que a proteina em questao ou "nao funciona", ou nao funciona como devia; uma via metabólica pode ser muito prejudicada. Esse e um caso tipico em que NAO RESOLVE o transplante autologo, pois uma vez que a "receita" para essa proteina vem do DNA do individuo as celulas-tronco tem o mesmo defeito.
lottiheitor
 
Mensagens: 44
Registrado: Segunda Set 26, 2011 8:07 pm

Re: Células-tronco.

Mensagempor [Planck]³ » Sexta Dez 30, 2011 2:39 pm

Como lottiheitor disse, qualquer anomalia arraigada ao material genético, ou seja, genes deletérios.

Exemplos (só o que não falta): monogênicas ou monohíbridas: fenilcetonúria, albinismo, polidactilia postaxial, siclemia etc.
alelo letal: Doença de Tay-sachs (Idiotia amaurótica infantil), acondroplasia, braquidactilismo etc.
pleiotropia: Síndrome de Marfan
Ligadas ao sexo: daltonismo, hemofilia, distrofia muscular de Duchene etc.
Restrita ao sexo: qualquer gene ligado na região não homóloga de Y.
Com efeito limitado ao sexo: Hipertricose auricular
Influenciada pelo sexo: Calvície

Ainda tem a fibrose cística, eritroblastose fetal etc. Doença é o que não falta.

Vlws
[Planck]³
 
Mensagens: 107
Registrado: Segunda Dez 26, 2011 2:10 pm
Localização: Mossoró-RN


Voltar para Dúvidas gerais

Quem está ligado

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante